quinta-feira, 1 de março de 2018

“Curtas de Animação”

“Curtas de Animação” leva a arte de fazer desenho animado para alunos da rede pública de Campinas e Hortolândia
Projeto cultural com oficinas do Núcleo de Cinema de Animação de Campinas tem apoio  do ProAC/ICMS e patrocínio da ArcelorMittal Gonvarri


Com mais de 40 anos de atuação e mais de 2500 oficinas no currículo por todo o Brasil e vários países do exterior, o Núcleo de Cinema de Animação de Campinassegue com o projeto cultural “Curtas de Animação – 2ª edição” para uma série de atividades em escolas públicas de Campinas e Hortolândia no mês de março.

Em Hortolândia, a oficina será na E. E. Profaª Maria Cristina de Souza Lôbo, no Jardim Nova Europa, entre os dias 05 e 14 de março. Em Campinas, as oficinas acontecem entre os dias 19 e 23 na E. E. Profº Messias Gonçalves Teixeira, no Jardim Nova Aparecida. Ao longo do projeto, os alunos vão empregar a técnica do desenho animado em papel, para produção de um curta-metragem de autoria coletiva.

“Em cada escola teremos um grupo de 15 alunos das últimas séries do ensino fundamental, selecionados pelos educadores, que serão responsáveis por todas as etapas da construção do filme, ou seja, do roteiro aos desenhos (que serão feitos nas mesas de luz), passando pela etapa de digitalização e finalização”, explica Mauricio Squarisi, co-diretor do Núcleo de Cinema de Animação de Campinas. “Nossa maior preocupação nas oficinas, sejam elas para crianças ou adultos, é estimular o encontro da sua identidade gráfica, seu traço próprio, sem modismos, pois é aí que reside a verdadeira característica do artista”, comenta Wilson Lazaretti, que também dirige o Núcleo.

“Curtas de Animação – 2ª edição” é um projeto do Núcleo de Cinema de Animação de Campinas, em parceria com a Direção Cultura, apoio do Programa de Ação Cultural – ProAC/ICMS e patrocínio da ArcelorMittal Gonvarri em Campinas e Hortolândia.

Ainda em março, o projeto segue também para Cotia, dentro do Projeto Âncora – uma Associação Civil de Desenvolvimento Social por meio de inovação em educação, voltada à crianças e adolescentes de baixa renda de Cotia e região, que oferece atividades educacionais, culturais, artísticas e esportivas na construção de comunidades de aprendizagem.

Depois de finalizados, os filmes serão exibidos nas escolas em sessão aberta para o público em geral, pais e demais alunos. Em Hortolândia, o resultado final da oficina será apresentado no dia 04 de maio; em Campinas, no dia 19 de maio.


Com direção dos animadores Wilzon Lazaretti e Maurício Squarisi, o Núcleo já tem mais de 40 anos de estrada. Além das obras autorais de cada diretor, tem forte atuação no ensino, pesquisa e divulgação de técnicas de animação, através da realização de oficinas. Até hoje, já foram realizadas mais de 2500 na maioria dos estados brasileiros, desde o Amapá até o Rio Grande do Sul, e em diversos países, como Estados Unidos, Portugal, Dinamarca, Moçambique, Argentina, Croácia, Suécia, entre vários outros. Em 2017, chegaram aos cinemas os dois primeiros longa-metragens produzidos pelo Núcleo: “História Antes de uma História”, de Wilson Lazaretti, e “Café, um dedo de Prosa”, de Maurício Squarisi. Entre obras autorais e produzidas em oficinas, já são mais de 300 filmes, o que situa o Núcleo de Animação de Campinas como um importante e dos mais atuantes polos de produção no segmento no país.

Sobre a Direção Cultura
Há 18 anos, a Direção Cultura presta consultoria e desenvolve projetos culturais, sociais e esportivos em parceria com empresas, artistas, ONGs e órgãos públicos. Aliados a ações de responsabilidade social, educação, meio ambiente e cidadania, desenvolve projetos que alcançam diversos públicos e promovem o desenvolvimento com resultados efetivos e transparentes.

Sobre a ArcelorMittal Gonvarri Brasil 
Constituída no ano de 2008 após a formação de uma joint venture entre a ArcelorMittal, maior fabricante de aço e uma das principais produtoras de minério de ferro do mundo, e a Gonvarri Steel Services, empresa líder global na transformação de aço e alumínio no mundo.

--



Nenhum comentário:

Postar um comentário